sexta-feira, 28 de maio de 2010

O Amor

O Amor é tão simples...
Mas teimamos em sermos adultos e complicar tudo!
Se permitíssemos que apenas nosso Coração Criança amasse, não sofreríamos por amor.
Nossa Criança trás em si a Alegria da Confiança.
Nossa Criança trás em si a Paz da Esperança.
Nossa Criança sabe estender os braços e se oferecer em doação de Amor.
Mas não... teimamos em amarmos como adultos, amarmos com a mente, com a razão...e sofremos por amor. Amor? Não!
Amor não rima com Dor.
Hoje vou despertar meu Coração Criança, estender os braços e doar Amor.
Amor Incondicional, que não questiona, não marca prazo, não julga nem pede...apenas doa!
O melhor de mim te ofereço no eterno hoje, pois é somente assim que eu quero Amar.

quinta-feira, 13 de maio de 2010

No More Boleros

AMOR - O VERDADEIRO SOL DA MEIA-NOITE

.
Amar não é brincadeira.
Porque, quando se ama, tudo muda.
E os corações respiram juntos, mesmo à distância.
Sim, tudo muda quando o amor chega.
E o lugar onde o sol brilha se torna o próprio peito.
O Amor é um presente.
E quem ama, realmente, sabe.
E agradece.
Quem ama, compreende.
E, mais do que as palavras, vê além...
E lê, no olhar, o que vem do coração.
Amar é tanta coisa...
Que nem cabe numa só vida.
E atravessa o tempo.
Ah, isso não se explica, só se sente...

(de Wagner Borges, 12/05/2010)